Nosso Post falando das Pirinerds gerou uma super repercussão: muitos e MUITOS comentários, a maioria deles achando graça ou concordando, outros discordando, os que discordaram levantaram muitos pontos válidos, rolaram além de comentários, até posts em outros blogs e nós decidimos então gravar um Podcast debatendo e tantando expôr de uma forma mais clara o nosso ponto de vista sobre o assunto. Como não poderia deixar de faltar tem algumas piadinhas bagaceiras porque hahahaha SOMOS NÓS NÉ! Mas ~le podcast no geral tem um tom um pouco mais sério. Acho importante essa nossa ~tréplica~ porque ontem à noite rolou isso aqui na frente da casa da Tammy:

Tópicos da Podcast:

  • Se fingir de nerd para ter um assunto/paquerinha com alguém que você gosta e admira x se fingir para fazer o “mal”
  • Tammy admite: o post contém muita merda QUE INFELIZMENTE é real
  • Gente que não faz a MENOR idéia do que está falando -> meme do cachorro
  • Para compreender melhor nosso ponto de vista frequente eventos do tipo: Campus Party, Youpix ou EBSP
  • Geek and Gamer Girls: Nerds, nuas lindas fazendo um vídeo pra se promover -> mas oferecem um POUTA conteúdo.
  • senhas.txt QUEM NUNCA hahahaha
  • Nosso ensaio sensual -Q
  • Nosso PRIMEIRO post com a nossa PROPOSTA com o garotasgeeks.omelete.uol.com.br/wordpress
  • ~Esclarecimento~ post conflitante: Motivos pra namorar um(a) Nerd X Pirinerds
  • temos aversão á palavra “feminismo”? Não é isso!
  • Julia Petit no debate da Campus Party 2012 Web para meninas: “A palavra chave de quando uma mulher critica qualquer coisa de outra mulher é INVEJA, quer dizer… você nunca tá criticando porque não gosta/discorda, você discorda porque está com INVEJA, tremenda bobagem”
  • E se esse post tivesse sido feito por um menino…?
  • Post do youpix que fala do ódio nas redes sociais.
  • Post bem parecido com o das Pirinerds: Aproveitadores e a moda Nerd
  • Teve repercussão mas… nem tanto assim vai! hahaha -> acessos 
  • EPICFACEPALM: li um livro grande e grosso que… Porra Deborah o assunto é sério!
  • Feminismo: movimento social MUITO importante, carregado de história e política o qual não pretendemos debater/afiliar por falta de MAIORES conhecimentos.
  • Conflito de POSTS aqui no GG: Pirinerds x Vantagens de ter um namorado(a) nerd
  • Babs sofre de recalque da beleza ruiva da @TheRealGiovana, que mesmo assim ainda liga

Play

Uma consideração que falamos na discussão de pauta e esquecemos de falar na gravação LOOOOOL www.garotasesquecidas.com:

  • Laerte no Roda Viva: “O discurso do humor tem uma natureza que o coloca em outro campo. Você consegue insultar uma pessoa fazendo uma piada.”

OST de fundo: Piriguete (hahaha eu sei como detonar um podcast logo de início né gente HAHAHAHA -45646 credibilidade) e músicas em 8 bit variadas: OST de jogos do Atari, rude boy (Rihana), Barbie Girl e a Master of Puppets em 8 bit (quando a Deborah fala de MetááááááUUUULLL /detonator)

Espero que escutem e voltem aqui pra dizer o que acharam, lembrando que o Garotas Geeks não tem e nunca teve moderação de comentários, o que vocês comentam vão direto para o post, temos alguns plugins no wordpress para bloquear spam e links maliciosos e só. Não apagamos comentários, a não ser que tenham alguma baixaria muito tensa =// (coisa que já rolava muito antes desse post).
Lembrando que você, logicamente, pode discordar e comentar, mas sem ataques pessoais e xingamentos de baixo calão, GRATA A GERÊNCIA xD

Quem escreve? Babs


Paulistana, nanica, nerd, especialista em edição de imagem e edição de waffle (Palmirinha que se cuide). Gosta de gadgets super hightechs, mas seu brinquedo favorito é o Cubo mágico. Casada com um Alienware Aurora (foi amor ao primeiro frame da ATI HD 5870), vive competindo com a Minhoca pra ver quem dorme por último, e sempre ganha porque afinal de contas dormir não dá XP nem upa skill.

Categorias: Podcasts

Comentários

  1. Leandro Souza disse:

    Ei? Quem é a tal blogueira gamer que apareceu nua?

  2. Najma Ahmed disse:

    Vocês simplesmente reforçaram a ideia de que mulher não pode ser interesseira, homem pode, só isso, é disso que se trata a briga.

  3. Najma Ahmed disse:

    E quando aparece os shemales, homens se passando por mulher pra ganhar item nos jogos, esses ninguém julga, os homens podem ser interesseiros, as mulheres não, e ainda nego acham ruim quando alguém diz que essa sociedade é muito machista.

  4. Ednelson Chado disse:

    Faz um bom tempo que não apareço por aqui e quando venho é só risada =P.
    Meninas vocês são polemicas e ganham de mamilos huahuhuauhaa.

    Enfim todo mundo vai querer ser nerd hoje em dia ou acha que é, isso vale para ambos os lados. Tanto homem quanto mulher se quer algo sabe usar táticas para chegar ao que desejam.
    Em meados dos anos 80 ou pra mais, nerds sofriam pacas e não tinham tanta fama com mulheres ou com homens.
    Acho que o filme a vingança dos nerds mostra bem isso ou algum atual Super Bad da vida, tá vamos mudar para o País do carnaval.
    Quem nunca foi zuado na escola por não ser bom em esportes naquela época em que a mulherada pagava um pal lascado pra jogador de futebol, enquanto você ficava em um canto da escola com seus amigos discutindo qual seria o próximo episódio de cavaleiros do zodíaco ou filme do spielberg ia ser lançado. Com o passar dos anos mudou muita coisa, no caso das pirinerds elas devem existir porque deve ter alguma lógica pra isso. Troféu peguete de nerd na cpbr/youpix/comixcon/reuniãozinhadefundodequintal vai para …….

    É isso, o negocio é ir levando. Uma hora ou outra aparece uma healer usando aqueles óculos de visual retro para te ajudar naquela quest monstra chamada de vida =P

    Obs: de cada 10 nerds/geeks 11 gostariam de uma affair com uma garota geek =P

  5. Deni Schons disse:

    Quebrando paradóxos.. ateh ontem eu duvidava ateh mesmo da existencia de mulheres nerds. Agora alem de nerds legitimas eu descubro tem mulheres nuas se aproveitando de pobres nerds inocentes (comeq eh?).. Acho q por isso esse post naun podia ter sido escrito por um garoto.. Um cara nerd jamais se queixaria de ter sido abusado por uma fake nerd hehehe.
    Meu Deus, sou do tempo em q ser nerd naun era uma escolha de vida, vc simplesmente era tragado pelas consequencias traumaticas da infancia.. Agora tem gente kerendo ser nerd.. onde esse mundo vai parar?
    Este eh o primeiro podcast de vcs q ouço, muito bom ouvir um cast soh de mulheres. Nem achava q isso era possivel, dos outros pods q conheço saum geralmente uma, duas no maximo, isso qd aparecem. Sou do Rio grande do Sul e aki eh um pouko mais dificil de se encontrar garotas nerds, mas espero q algum dia encontre a minha.. Gostei muito do cast, vou baixar os outros tb e espero q vcs lancem muito mais.. Bjus suas lindas

  6. olá meninas… adorei o postcast vocês mostraram que tem atitude e enfrentam mo barra no seu dia a dia… espero que nao pare por aí … muito postcast virão né ?

    eu só acho que esse preconceito quanto as meninas nerds (ou geeks, se assim preferirem) É UMa puta falta de sacanagem .. aff! eu que tota forma de cultura deve ser respeitada ..

    so quero deixar meu alô e um beijo muito carinhoso para Giovana (adorei o twitter dela) ela nao tem namorado ? tem? hahahah brincadeira … se ela nao tiver podem me passa o msn dela .. kkkkkkkkkk brincadeira denovo ai !

    bjs
    flw !

  7. Nowhere Guy disse:

    Leio quadrinhos e acompanho Star Trek e Wars desde 1986. Li tudo de Tolkien pelo menos 5 vezes e gastei horas aprendendo Quenia, mestrando D&D e programando mods para os mais variados games.
    Sim, sou nerd e velho.

    Concordo com a maior parte das coisas que leio aqui, e compartilho da ojeriza em questão. Porém, devo dizer que independente das motivações eu sempre agradeço peitinhos na internet.

  8. Ani disse:

    Nuca fui em uma convenção e mesmo meio nova sei oque é isso:quando falei que gostava de animes, games e seriados algumas pessoas falaram que era coisa de menino e algumas diziam até que eu era infantil :( Agora com essas modinhas essas pessoas falam como se soubessem sobre oque é tudo isso sendo que nunca assistiu um anime, jogou um game ou sabe nomes de personagem. Não critico quem não sabe mas sim quem engana se exibe e não sabe sobre nada só que é modinha

  9. Alita disse:

    Olha, n frequento muito o blog, passo periodicamente pra ver posts sobre determinados assuntos da ótica feminina principalmente sobre games. MAS ESSE POST SOBRE PIRINERD DEMOROU PRA SAIR VIU! ESSA VADIAS APROVEITADORAS PISTOLEIRAS CRUEIS VIBORAS. Uma cez em 2007 comprei uma Capricho q tinha uma coluna sobre uma revolução q estava acontecendo nos feirões da Apple: garotas que se arrumavam da cabeça aos pés pra arrumar um namorado nesse tipo de lugar. E a coisa foi se alastrando. Hoje temos otakus retardadas seminuas q nunca encostaram a mão num mangá e exploram garotos q gostariam de ter uma namorada com esse interesse em comum. esse exemplo do blog ta perfeito, é desse jeito mesmo. E essa porra de justificativa ” então vc ta falando q n existe nerd gostosa” não filha-da-puta analfabeta, existe sim Sasha Grey é linda, é fã de HQ é a atriz (porno) mais querida do EUA, mas nem por isso ela usa óculos com aros enormes sem lente. GENTE SALVE SEUS GAMES E SEUS OUVIDOS PIRINERD EXISTE PORRA, E QUEM TA ACHANDO RUIM OU QUE É RECALQUE: EU DESEJO QUE SUA PROXIMA NAMORADA SEJA UMA PIRINERD BEM DESGRAÇADA, Q N SAIBA NEM O QUE É UM NINTENDO E Q ACABE GRAVIDA E TE EXPLORANDO PELO RESTO DA SUA VIDA MISERAVEL MORANDO NO FUNDO DA CASA DO SEUS PAIS. Se eu tenho raiva desse tipo? EU ODEIO!!! esse tipo de puta é que faz surgir piadinhas do tipo “mulher e dota é orb éfect”.

    1. Deni Schons disse:

      Soh pra constar.. garota q curte anime eh “otome”… “otaku” somos nóses heheh

  10. Dyana disse:

    Eu nunca fui a campus nem pro youpix… mas quem vai pra evento de anime sabe exatamente oq são esses seres em “evolução” de que vcs falam… Acho que sinceramente quem tá reclamando é quem não entendeu nada do texto… E só pra acrescentar oq vcs todas disseram no final do podcast… Quer tirar a roupa e publicar as fotos na net… faça, desde que seja honesto! E não pq vc acha que alguém vai achar legal… Acho que oq tá faltando é honestidade dessas pessoas (que não são só meninas) que tentam se aproveitar das habilidades de outras pessoas em benefício próprio…
    PS.: Vcs deveriam gravar mais podcasts!

  11. Carol disse:

    Bah gurias,
    Desculpa mas nessa questão do estereótipo vocês derraparam bonito hein? Desde quando tu esteriotipar alguém é legal ou bom? O que é padrão normal? Só se esteriotipa que é diferente porque a sociedade inteira impõe um padrão de normalidade que por muitas vezes é doente (por exemplo, ser magra.

    Eu entendo que existam MUITAS gurias assim no mundo (pirinerds) mas fazer acho que elas estão conseguindo exatamente o que querem: chamar a atenção. Eu simplesmente ignoro esse tipo de ser.

    E o livro que vocês comentaram da Simone é o “Segundo Sexo” onde ela fala que se torna-se mulher, não se nasce mulher – todas as meninas deveriam ler este livro.

  12. Jéssica disse:

    Já baixei, agora é só esperar a hora, entrar no avião e viajar ouvindo…

  13. Elizeu Nascimento disse:

    Gostei do post, e o que acho a sacada, é justamhente a causa da polêmica, o uso dos estereótipos das “Marias”. Com as ascensão da cultura nerd/geek os seus adeptos mais destacados, passam também a ser alvo das “moças”, não que isso seja necessáriamente ruim, afinal, muitos festejam achando que vão se dar bem. Pobres cordeirinhos, a maioria não está nem de perto familiarizados com o “Modus operandi” delas, e vão acabar se lamentando depois, deviam estar agradecendo o alerta da Tammy. Aquelas que não se comportam dessa maneira, não precisam se ofender. Agora, se a carapuça serviu… brincadeira, hehehe. Valeu pelo podcast meninas.

  14. DarKDragonbr disse:

    Podcast muito bom! Tentando explicar um post que mostra um pouco da realidade. Simples Assim. Continuem com o ótimo trabalho de vocês. Quero mais L4C! \o\ Vcs são ótimas. Gi: Zere Logo o Arkham Asylum ;p

  15. Pedro Mota disse:

    Não é preconceito,preconceito é quando você nem sabe do que se trata,e naquele post tudo foi construído em cima de um empirismo forte,eu mesmo do sexo masculino posso dizer que tudo ali é verdade,não é briga interna do sexo feminino,pode ter o peito mais inflado que o da Elvira,eu já meio que conheço o arquétipo.

    A parte que eu mais gostei foi quando foi mencionado o sofrimento do ensino médio,pirinerd nunca passou por aquilo,sério mesmo,eu sofria jogando Pokémon Emerald, cheguei ao cúmulo de ser chamado de “viado” por conta disso,ai eu me deparo com um monte de menina falando que só gosta dos 151 pokémon orginais,como se fossem as maiores fãs do universo.Isso ai que eu dei,foi um exemplo bem raso,tem piores e vocês abordaram extremamente bem.

    Aos caras que foram ofensivos,aposto como todos tem 30Gb de pornografia no computador,só quer saber de peito bunda e vive com a mãe ou é daqueles machistas que querem “comer todas”.Sinceramente,eu espero que sejam enganados e levem uma flecha no joelho.

  16. Yuri disse:

    Quem ficou putinho com o post da minhoca pode me ligar pra resolver hahahaha

  17. Não vi problema nenhum no post das Pirinerds. O podcast tá muito legal, bem explicado e tudo. Na verdade, tá super bem explicado!
    Se houve algum problema foi na cabeça das pessoas que viram problema naquele post.

  18. Não vi problema nenhum no post das Pirinerds. O podcast tá muito legal, bem explicado e tudo. Na verdade, tá super bem explicado!

  19. Nico Valentim disse:

    Aspas Peitos Aspas Aspas Ensaio Sensual Aspas

    Vish, polemizei

    1. Nico Valentim disse:

      Agora, pra comentar, achei o podcast desnecessário (não que foi ruim nem nada do tipo, só desnecessário), o texto minhocal polemizou? Sim. Precisava? Sim, do mesmo jeito que negads pode chamar de recalque o que ela escreveu, ela pode falar mal o quanto quiser das pirinerds, opinião é isso aí, eu posso não gostar de caras suados se espancando em um ringue enquanto um amigo meu pode me chamar de viado e me mandar assistir MMA, é simplesmente uma opinião, até bem válida, no caso do texto mamiludo.

      E ignorem críticas não-construtivas, não alimentar os trolls é uma das regras da internet, e elas estão aí pra serem seguidas.

  20. [...] coerentes, uma pérola que fez tanto brilho que remeteu à um podcast mais barulhento ainda! Em: http://garotasgeeks.com/ e [...]

  21. [...] Podcast EXTRA: Pirinerds [...]

  22. Alice disse:

    nao entendo qual o problema desse pessoal… É SÓ UM POST E ACEITEM A VERDADE!!!

    1. Renan Sobroza Maciel disse:

      Desculpa Alice mas aceitar que verdade? Tá me dizendo que isso é um fato comportamental comprovado? Que as pessoas realmente podem ser estereotipadas desse jeito? Que elas são rígidas, nunca mudam seus comportamentos e tão pouco tem o direito de ir e vir com seus modos de agir e ser? Ou então a verdade que os estereótipos são realmente necessários e falam tudo sobre uma pessoa? Tu gostava que as pessoas te vissem superficialmente como nerd e deu?
      Não vou mais incomodar com meus comentários, só acho que está havendo uma necessidade de querer praticar o mesmo bullying que os nerds sofreram por muito tempo criando subgrupos e praticando um pouquinho de exclusão social.

      1. Erika disse:

        Ok amigo, meninas que gostam de “supeeer marioooo” ain, estejam livres pra postar um milhão de fotos esteriotipando quem curte videogame! Afinal ísso da material pro nerds correrem pro banheiro. #fap

  23. Renan Sobroza Maciel disse:

    Tá isso pode ser bem inútil e vocês vão provavelmente me ignorar mas aí vai:
    Refleti bastante sobre o assunto e o podcast e cheguei a alguns pensamentos, me fez questionar o motivo de querer identificar um estereotipo novo para as pessoas. Minhas conclusões é que -
    1° não creio que as pessoas queiram se passar por uma coisa que não são assim, apenas por visar uma ‘maldade’, eu suponho que uma nerd hunter seria nada mais do que uma pessoa que queira ser parte disso e está em transição, agir como os outros e simular um habito que não possui(ainda) é comum nessas horas. Uma pessoa que sai dessa vida depois nada mais é que uma pessoa que foi lá, experimentou e não quis aderir a essa vida, não lhe agradou como pensava que iria e acima de tudo, é muito comum para as pessoas irem e virem com seus comportamentos, faz parte de ser. E finalizo com uma coisa que as pessoas nao se dão conta: ninguém consegue agir se distanciando de si mesmo por muito tempo sem sofrer consequências psicológicas.
    2° Creio que possa haver uma brecha na ideia de vocês, a motivação que levou a crença nisso tudo. Considero a possibilidade de que na verdade isso seja um comportamento inconsciente de pessoas que eram as ‘originais’, pessoas que eram genuinamente nerds e eram únicas em um mundo muito masculino, daí de repente isso dá um boom, vira meio que tendência e todos aqueles que vierem depois, tentando entrar num mundo cool e novo serão vistos como ‘aproveitadores’, ‘posers’, algo muito comum se usar o mundo dos metaleiros como comparativo, os antigos e ortodoxos desprezam muito dos jovens, e logo dá a ideia de que na verdade é um comportamento de quem se sente inconscientemente ameaçado de não ser mais o artigo único. Colocando de uma maneira mais tosca, recalque, insegurança e rabugice de gente mais veterana no assunto. Coisa mais comum do mundo também, todos caem nessa.
    Acho que fui crítico demais mas creio que tenho uma opinião forte mas válida para se colocar em pauta, minha namorada foi mais longe e eu discordo um pouco pois achei o cometário dela maldoso mas a crítica dela é de se pensar: “Gente que usa diploma de jornalismo pra defender textos de puro recalque no ventilador”
    E por último: e se tudo o que falei estiver errado e existir mesmo essa ‘pirinerd’, e daí? O que tem? Vamos praticar uma ‘seleção natural’ como faziam com os nerds nas escolas? Cometeremos o mesmo erro de preconceito por extremismo, por querer as coisas definidas “nerd é nerd, boleiro é boleiro”?

    1. Babs disse:

      já foi no youpix? já foi na cpbr?

      1. Renan Sobroza Maciel disse:

        Não, moro muito longe e não consegui ir no cpbr; suponho que tu me diria que lá eu teria alguma prova da existência das pirinerds, mas eu pergunto: eu não ter ido e não ter visto seja lá o que ocorreu faz do que eu disse totalmente errado?
        Não quero provocar ações reacionárias demais apenas que se for o caso de me corrigirem que o façam sem entrar muito no que eu considerei uma tentativa de normatização do ser nerd, não saquei de onde saiu as regras disso e o que impede uma pessoa de ser um ‘rabo de saia sem cérebro’ e gostar/simpatizar com coisas nerds. Seria tentar bancar o purista vomita-regras com uma coisa muito fluida que é o ser, o estar das pessoas.

        1. Skilo disse:

          Rapaz, li seu texto e entendo seu ponto, mas acho que cabe deixar claro uma coisa aqui.
          “…o que impede uma pessoa de ser um ‘rabo de saia sem cérebro’ e gostar/simpatizar com coisas nerds…”
          Resposta: Nada, mas também não é sobre isso o assunto do post.

          O grupo que foi retratado no post são meninas (por mais que possa ser aplicado para homens) que fingem gostar de coisas nerds com objetivo de se aproveitar de um “”real nerd”" para obter algo que deseja.

          Eu te falo, que sim, isso existe. Passei por isso no ensino médio, com a diferença de que o objetivo geralmente era trabalho em grupo ou cola.

          Pelo que entendi você não passou por algo semelhante, então é natural uma negação a existência disso. Tive uma sensação semelhante quando li o post “Quando o problema não é ser nerd, é os outros.”

          Vi várias pessoas que afirmaram sofrer preconceito, ou eram excluídas. Isso nunca foi uma realidade para mim, volta e meia tentavam tirar proveito, mas nunca estive sozinho ou fui mal tratado por alguém.

          Mas gostei do seu ponto de vista, e da maneira que você expôs, sem querer ofender nem nada.

      2. Daniel MM disse:

        AHHAHA isso era uma critica que eu ia fazer, mas achei que vocês estavam sendo tão malhadas por gente chata que nem resolvi comentar, mas vou dar uma deixa…

        sou de uma época Nerd, em que essas coisas ai nem existiam…o ser Nerd para mim é um estado de espirito e conjunto de pensamentos, não se faz por status de lugares que se frequentou =D

        criticas a parte, mas sempre veja como algo amigável para refletir

        1. Babs disse:

          HAUIHAUIAHUIAHIU “não se faz por status de lugares que se frequentou =D”

          você entendeu então que eu tava QUESTIONANDO A NERDICE DELE POR ELE NÃO FREQUENTAR X OU Y EVENTO! HAUIAHUIAHAUI WTFFFF NÃO É ISSO!

          em EVENTOS existem pirinerds, é isso que eu to falando!
          ngm é mais ou menos alguma coisa porque vai ou nao vai nesses lugares, to falando que nesses lugares existem… é por isso que to dando uma abandonada nos comentarios, as pessoas além de não ler, nao escutam o podcast, nao entendem e vem aqui colocar palavras na nossa boca porque não tem capacidade de ler um texto, ouvir um podcast e interpretar.
          Bem fraquinha a “nerdisse” da galera.

          1. Daniel MM disse:

            mas cara, o que houve no pod foi assim: “eu pergunto logo: vc ja foi em um campus party? não foi?”

            mas moça to falando de boa, se sua intenção não foi essa, eu que entendi errado ou você que não se fez entender? sem agressão estou falando isso da forma mais amigavel e fofuxa possível! ^^
            mas poxa vocês pedem para fazermos comentários sem sermos ignorantes ou destratar, e o que acabou de fazer comigo foi justamente isso! =/ dessa forma minha primeira impressão com esse blog vai ser ruim. bem e desculpa qualquer coisa ma da uma re-lida no meu comentário, não to acusando nem colocando palavrasna sua boca, ai fica dificil dar uma opinião construtiva não acha?

  24. Darkmaru disse:

    Tammy não ligue para quem te ofende, mas para quem adora os seus post como eu XD

  25. Daniel MM disse:

    desculpa fazer dois posts seguidos, realmente me perdoe, já vi o termo FEMISTA, que é muitas vezes misturado ao Feminismo, no caso pelo que entendi a FEMISTA seria um extremo, onde a mulher não ve necessidade de homem,onde a mulher é superior, o feminismo é uma parada legal, graças a esse movimento muitas mulheres conseguiram conquistas importantes, inclusive o direito de escolher seu próprio marido, dentre outros direitos, o feminismo é legal o que não é legal é o Femismo, que sempre é misturado ao feminismo, como o termo não é conhecido as vezes denominam por “Feministas extremas”, depois deem uma olhada nesses dois movimentos, e confirmem minha informação =D

  26. Daniel MM disse:

    Eu acho que o caso que vcs estão relatando não é a mulher que se passa por nerd para conquista-lo, acho até dificil uma piriguete se dar tanto ao trabalho pra isso (como foi dito, se utlizar disso para se aproveitar do rapaz, então se aproveitem de mim!!! ahhaha ), certo, mas o que ocorre é o seguinte, as meninas que apenas querem ser paparicadas, babadas, seguidas, comentadas, é o que mais tem na net, cocotinhas que querem ibope, geralmente elas não querem nada com ninguém, só querem ser louvadas de alguma forma, ou seja,ficarem famosas.

    a menina que faz para conquistar o cara acho que é outro caso, o que pode ser uma coisa legal e é caso entre ele e ela, o problema é quando a coisa acontece para ibope próprio, essas meninas na minha opinião, o sonho delas era entrar pro BBB

    1. Daniel MM disse:

      desculpa fazer dois posts seguidos, realmente me perdoe, já vi o termo FEMISTA, que é muitas vezes misturado ao Feminismo, no caso pelo que entendi a FEMISTA seria um extremo, onde a mulher não ve necessidade de homem,onde a mulher é superior, o feminismo é uma parada legal, graças a esse movimento muitas mulheres conseguiram conquistas importantes, inclusive o direito de escolher seu próprio marido, dentre outros direitos, o feminismo é legal o que não é legal é o Femismo, que sempre é misturado ao feminismo, como o termo não é conhecido as vezes denominam por “Feministas extremas”, depois deem uma olhada nesses dois movimentos, e confirmem minha informação =DD

  27. Babs disse:

    DAI QUE A PORRA DO AUDITION fecha quando voce concluiu 90% da edição e diz: POXA ME RECUPEREI DE UM ERRO MAS FICA SUSSA QUE SALVEI A SESSION e aí tá cheio de erro ¬¬

  28. Jenny disse:

    Cara, vocês são FUEDAS!! Tipo.. eu entendi totalmente oq vc falou no outro post e até ccd.. msm q eu nunk tenha ido na Campus Party [até pq moro em MG e tenho 13 anos :p] eu pensei tipo, na MINHA escola e em TODAS as outras, sempre tem aquele povo que chega fingindo gostar de vc só pra pedir cola, isso é um saco! Eu realmente entendi.. isso n é legal e eu achoo errado.. se a garota quer posar pelada, posa, mas tipo.. se ela for uma garota que sempre foi nerd, patricinha, emo, etc. isso não vai mudar ela.. são as atitudes que mostram o que ela é! posar pelada não é nada se ela já tiver feito mt mais coisas q provam que ela só ñ qer pagar de gostosas.. e eu realmente admiro elas c: Mas tipo.. td bem o pessoal discordar de você.. mas ir na sua casa com garfos e rolos de macarrão!! *O* Méeel Déeels! Povo mais agressivo! Onde a sociedade vai parar hsuahsuashu PS: Deborah calou td mundo com esse livro grande e grosso :x kkkkkk #anos90vence

  29. Kiki disse:

    Por mais que o podcast seria pra explicar algo para as pessoas que não entenderam, eu terminei rindo bem mais do que o primeiro post sobre Pirinerds e elas tão ai não apenas para os que manja de computação ou games mas também bastante para as pessoas que acompanham bastante animes e HQs e sempre tão se aproveitando das pessoas que ficam sem graça com garotas e talz. / Aconteceu comigo-qqq

  30. Amadeu disse:

    Cadê aquela galera que falou um monte no tópico das pirinerds? Pois é…

    Pirinerds existem e estão por aí, não tentem tapar o sol com a peneira.

    Sem esse papinho de preconceito pra cima de mim.

    Tem gente que adora pagar de intelectual na net.

  31. Tadeu disse:

    Triste que mesmo com Pinerds e afins, os verdadeiros Nerds continuam forever alone =/

    Se pelo menos elas ajudassem a diminuir o deficit de Nerds solitários, não seria tão mal vai…

  32. Rakky disse:

    Galera, cês juram que teve analfa que entendeu o post errado e vcs tiveram q explicar no podcast?
    PUTAQUEPARIUVÃOTOMARNOSSEUSGRANDESCUSGORDOSCAMBADADEPESSOASEXCROTASSEMSENSODEINTERPRETAÇÃO!!!!!!

  33. Muka disse:

    Haters gonna hate. Mande a merda quem fala mal e foda-se

  34. lorranne disse:

    Pessoas sem o menor senso de interpretação, vão dormir!

  35. lorranne disse:

    ¬¬
    kkkkkkkkkkkkk

  36. Gustavo disse:

    Elas lamentando que as piriX mancha a imagem das nerds e tal… e tocando de barbie girl em 8bits atras LOL
    Levando muito a sério essas piri, eu nunca vi uma… até ver os comentários do post, as reclamam se encacham em algum dos padrões citados no post por isso a “polemics”, em vez de lerem e rirem ou simplesmente refletir de como estão agindo e do que realmente é ser nerd (que pra mim é ser aprofundar num assunto que o mesmo sente uma necessidade de saber imensa, no meu caso quase insana)e pararem de gritar que é “nerd, que é diferente…por favor me olhem…tenho peitos rç”
    Não achei o post com muita merda, a interpretação do povo é lamentável, pra ver o nível de “nerdeza” de quem lê,

  37. PhilipyLopes disse:

    Conclusão do episódio:

    Como assim ninguem deu em cima da Babs na Cpbr5? Tem que ver isso ae, muito errado…

    1. Giovana disse:

      DEU SIM ela tá se fazendo de dificil ae

  38. Ouvi o podcast até o final, inclusive agora sei (mais ou menos) quem é quem pela voz (sou novo aqui hein, to me acostumando com vocês. =P), e sei tbm que existe a probabilidade da mãe da Babs ser o novo alvo do “mostra os peitos!”

    Minha consideração sobre tudo isso: O texto tá ótimo, cada um entende de uma forma, mas tomara que as amebas fiquem de fora, afinal interpretação de texto é bom e preserva a saúde estomacal de quem ouve/lê.

    Parabéns pelo texto Tammy. (off topic: Que voz incrível Tammy…dá sinestesia, sério.)

  39. G.Portilho disse:

    Parte mais fofa do podcast foi qnd falaram dos garotos nerds *u*

  40. Rodrigo disse:

    O preconceito esta na sua cabeça!

  41. alana disse:

    adorei o “awnnnnnn” coletivo u.u

  42. Ebbios disse:

    Estereotipo e preconceito são duas palavras que fazem as pessoas colocar a mão no bolso pra pegar as pedras e sair atirando. O que é preciso perceber é que o mal em se ter preconceito, ou estereotipar algo está com relação ao desrespeito ao outro, desrespeitar nesse caso é não procurar conhecer o lado do outro antes de estabelecer seu preconceito. Mas essas palavras em si representam uma das bases pelo modo como se constrói nosso conhecimento e consequentemente nossa relação. Basta imaginar que o mundo é um caos, não podemos prever a reação dos outros, mas podemos com nossa experiencia (nosso conceito estabelecido anteriormente, por tanto PRECONCEITO), prever mais ou menos essas reações e a partir daí classificar as coisas.

    Acho que se pessoa quer mostrar o outro lado da história. Que mostre esse lado realmente. Argumente o porquê de haverem Pirinerds, ou o porquê do termo ser pejorativo, ou que se há um produto é porque há um consumidor desse produto, então quem é mais culpado? Ou que não devemos confundir as obras do mestre Picasso, com a pica de aço do mestre de obras (tá! essa é bem velha, eu sei. rsrsrs)

    Quando li o tópico levei mais para o lado cômico da coisa mesmo. Não acho que as tais Pirinerds representem um real risco a não ser para elas mesmas. Pois o tempo passa e os benefícios de se conseguir as coisas dessa forma se vão com ele.

  43. Matheus Lima disse:

    Nossa, esse tema realmente merecia um podcast. Espero que esteja tão engraçado quanto o post!

  44. Alee disse:

    Nao acho que o post foi ofensivo.. Se existe, tem q ser mostrado.. Meninas do meu colegio ficam procurando nerds pra faze os temes do tumb.. isso e mto true story.
    E apesar de estar fora do assunto, é vdd que corre machismo, meninas nao podem fala que jogam video game q jah pensam “é crash bandicoot com o console do irmao” D=

  45. Smith disse:

    Não deixem de fazer podcast gente! Tão bom ouvir a voz de vocês =D.

  46. Vanessa L. disse:

    cara, eu nunca achei que um post, com uma critica daquela forma, fosse ser levada TÃO a sério. Eu dei risada com o post, quando abri a musica do molejo então, não resisti a cair na gargalhada. A parte boa de toda essa polemica de pirinerds foi…SAIU PODCAST AEAEAE

  47. Rafael (1_writer) disse:

    Adorei o Podcast e concordo com vocês. Acredito que o post não foi nada como algumas pessoas viram. Vocês são super inteligentes e sabem expressar suas opiniões muito bem.

    Quanto ao que vocês falaram de mulheres na net e blogueiras devo dizer que não acompanho o blog de vocês por vocês serem mulherem ou por serem bonitas (o que vocês são, de qualquer jeito) mas pelo conteúdo que vocês transmitem que é demais.

    Beijos.

  48. Dario disse:

    Nua ou não, mulher ou homem. Odeio quem finge dominar um assunto!

  49. Dario disse:

    Boa, 06… digo garota geek

    Só tenho uma url sobre o assunto: http://idiotnerdgirl.tumblr.com/

  50. Marigaspareto disse:

    Claro como água.

    Pra quem reclama de estereótipos saiba: É uma necessidade do nossos cérbero, se ele tivesse que analisar meticulosamente antes de rotular PIFARIA! Os rótulos ajudam até em situações de perigo (correr homens com cara de psicopata no breu da 0h) já até saiu reportagem sobre isso na veja hehehehehe

  51. Nina disse:

    Babs,
    Não me leve a mal!
    Eu leio o garotas geek todos os dias, tenho o feed no meu e-mail e amo e adoro muito o blog!
    Só que as vezes não entendo nada que vocês escrevem. Por favor, escrevammmmmm direitinhoooo!!!

    Separe os assuntos!!!

    OBRIGADA
    EU AMO O BLOGGGGG NÃO FICA BRAVA COMIGOOOOO

    BEIJINHOS

    1. Babs disse:

      MÃE?? oi?? hehehe (é que minha mãe chama Nina)
      Nina acho que esses posts de podcast/videocast ficam mais confusos porque os tópicos só fazem sentido se vc ler e ouvir junto com a podcast mas vou me esforçar pra escrever de forma mais coerente! valeu pelo comentário (revisarei texto now, amgs jornalistas help!)

      1. Nina disse:

        Bom…eu não ia me explicar porque acho que não devo nada para ninguém, mas vou explicar.

        Eu não me referi ao post em especial, disse que as vezes eu não entendo tudo que vocês escrevem.
        Só pedi se possível fossem mais didáticas.
        Alias, ninguém nasce sabendo tudo e acho que o blog e para nerd para não nerd, para todo mundo, mas na internet e assim né você não explicou direito PRONTO LÁ VEM BOMBA.

        Alias Babs, legal sua mãe chamar Nina…e dificílimo mesmo encontrar Ninas por ai…rs!!

        Eu ouvi sim o podcast ;) Adorei… Parabéns! Adorei a aula sobre esteriótipos.

        Agora, não tinha como ouvir o podcast antes de ler o que tava escrito, né? Não custava ter: TEMAS DO PODCAST ou algo do tipo.

        Foi só uma dica…desculpe quem ficou incomodado pelo o que eu escrevi e obrigada, BABS por ter respondido, fiquei muito feliz!

  52. Cara, eu num acho que seja preconceito… eu tento ir na academia e talzzz mas num da efeito então recorro aos esteriotipos pra ficar mais forte….

    1. caroline disse:

      Aushauhsauhsauaushaushau nossa ri muito com essa resposta XD

  53. Gaby disse:

    uhAUHahuauhahuAHUAHUAA XDD amei esse inicio

    1. Gaby disse:

      babs me manda todas essas musicas em 8 bits JÁ

  54. Jeferson Cardoso P. Lança disse:

    Em resumo: Ouça o podcast e de uma olhada no meu trOO comment no post das pirinerds. Os dois juntos são a melhor explicação ever

  55. F3N1X disse:

    Excelente cast! Meninas não liguem para esses comentários ofensivos, afinal quem se queimou é porque já estava no fogo.

    Um forte abraço a todas!

  56. nakai disse:

    Coloquei quais as musicas de fundo que vcs usaram
    Vlw

    1. nakai disse:

      *coloquem

      por favor

    2. Babs disse:

      Nakai vou colocar os links das músicas no post, puxei do youtube mesmo usando o software youtube catcher que já puxa e converte para mp3.

      1. Babs disse:

        digita no youtube: atari music the goonies, atari music jet set willy, most awesome 8 bit song ever, barbie girl 8 bit, rude boy 8 bit, mettalica master of puppets 8 bit

  57. Ah Manoletes…. As piriguetes ( do carioques Mercenaria ) elas gostam de ser usadas como simbolo de poder….fracos são aqueles que caem em suas garras e tem sua Stamina drenados…isso sempre existiu e sempre vai existir… Desde os tempos mais promordios ( O caralho ta ai ) isso vem sendo praticado, quem comia mais cocotas na tribo ? Quem tinha FOGO….Quem Pegava mas minas no vilarejo ? Quem ganhava a guerra …. Quem  hoje tem a mais bunita e gostoza pepita da favela ? O cara com a melhor moto… o interesse sempre existiu e quem não sabe lidar com ele precisar rever seus conceitos….Na CAMPUS PARTY tinha muitas Marias….

    E quem acha que essas meninas que escrevem nesse blog são attention Whore, acerto….brincadeira… para um dia pra conversar com algumas depas e voces verão o quão enganados estão…. Voces são gente fina….

    E pra essas mina que gostam de se aproveitar dos novim…. aproveitem delas tbm, ofereça um copo dágua, se enrole em sua toalhar… no final de contas Bater saco com as pussy… eh isso que importa

    ASS: @gabrielcastro30 que calça 47

    1. Babs disse:

      ofereça um copo dágua HAUIHAUIAHUIAHUIAHUIAHAUI

  58. Giovana disse:

    Socorro alguém me tira do aquário!

    1. Babs disse:

      Headset novo plx =/

      1. Giovana disse:

        Providenciarei se possível ainda hoje.

  59. Deborah disse:

    Ah!!! E ABERTURA ÉPICA DA MINHOCA É ÉPICA!!!!

  60. Deborah disse:

    Minhas Considerações sobre esse podcast:

    1) Eu NÃO consigo falar sério. Desculpas àqueles que poderão se ofender com o “livro grande e grosso” da Simone de Beauvoir. Mas eu não consegui me controlar… :)

    2) Worms é sempre muito legal e se encaixa EM QUALQUER LUGAR DO PODCAST

    3) A Giovana errou meu nome quando eu falo a primeira vez no podcast LOL (brinks, gente, mas é que não ficou gravado o “Muito bom” que a babs fala depois do meu comentário

    4) ESTOU.CHORANDO.DE.RIR.COM.O.FINAL.DESSA.PODCAST.

    1. Babs disse:

      TAVA BOM DEMAIS PRA SER DESPERDIÇADO

  61. Diógenes disse:

    Adicionar estes links para referencia…

    Link da foto da guria ruiva com o fio na boca (and Comment):
    http://istoleyourshiny.deviantart.com/gallery/11967962?offset=48#/d30rsdz

    Link da mina com foto do Mario de fundo:
    http://enjinight.deviantart.com/

  62. Diógenes disse:

    Fui mencionado duas vezes no PodCast \o/

  63. Renan Carvalho disse:

    quem teve coragem de ir na casa de vcs com garfos facas e panelas? kkk,
    bem vcs sao inteligentes lindas legais e nerds XD … , mas mudando de assunto as pessoas interpretaram vcs mal , e agora deu o maior B.O mais eu concordo com vcs e acho isso feio se aproveitar dos nerds e tal … gostei muito do podcast e gostaria de saber onde eu baixo essas musicas q estao de fundo, a e parabens pelo trabalho de vcs bjs tudo de bom

  64. Acho que o pessoal precisa achar uma louça pra lavar pra ter menos tempo de polemizar. Ou quem sabe dar uma estudada em interpretação de texto :P
    Leave minhoca alone!

  65. Babs disse:

    Gente, apesar da apertura BRINKS + música “quando ela me vê ela mexe, piripi-pi-piripiriguete” eu juro que tem coisa séria e legal aí! “OUVÃO”