Se vocês acham que eu sou maluca por Assassin’s Creed, é porque não conhecem o Marcello. O cara agora vive a base de notícias e leaks do jogo novo e foi ele quem me mostrou esta postagem do Gaming Everything, que tem a reportagem INTEIRA da Game Informer sobre AC3!

Daí é disso que eu vou falar: qual vai ser a história? Quem é o novo protagonista? Do que se alimenta? Veja esta sexta a seguir! e SE SEGURA QUE O POST É LONGO.

Pra começar, de toda a franquia, esse é o game que mais exigiu trabalho e dedicação: a Ubisoft está há dois anos trabalhando nele. Até o lançamento, serão três. O que significa que, enquanto Brotherhood e Revelations eram criados e lançados, já tinha algo muito maior e impressionante sendo feito. Afinal, eles tinham o grande desafio de manter os antigos jogadores e atender às expectativas deles e fidelizar novos.

 

HISTÓRIA

Como de costume, esse é mais um capítulo na guerra entre Assassinos e Templários misturando realidade e fantasia – que a gente não sabe até onde é fantasia mesmo (sei lá, eu jogo assim, duvidando da minha vida hahaha). Em Assassin’s Creed III, essa batalha se dá durante a Guerra da Independência – ou seja, ela serve de cenário no tempo e no espaço para isso, mas o jogo não é sobre ela. Por isso, não vai ter a divisão tipo americanos do bem e britânicos do mal; teremos gente do bem e do mal em cada lado.

Mesmo assim, você participará de batalhas históricas, como Bunker Hill, Saratoga, Vale Forge, o Grande Incêndio de Nova York… E, entre os personagens históricos que estarão entre os principais, temos George Washington, Charles Lee e Benjamin Franklin – que, garantem, não desempenhará o mesmo papel que Leonardo Da Vinci nos outros jogos.

que isso novinho que isso

O protagonista se chama Ratohnhaké:ton, mas pode chamar de Connor que ele também atende. Filho de um inglês com uma índia americana, ele é um Mohawk e tem essa coisa de mistura de culturas bem marcada na sua personalidade. Foi o jeito dos desenvolvedores conseguirem um personagem que não fosse um estilão Capitão América e, claro, tivesse uma profundidade maior que pudesse ser explorada pela história.

Assim como Ezio, sua jornada começa com uma tragédia: o vilarejo onde ele mora é destruído pelos colonizadores (ele vive com os índios) e, então, Connor parte em busca de justiça – ao contrário do italiano que a gente ama, ele não faz isso por vingança, por uma causa própria, mas por algo maior. Em sua batalha por liberdade e igualdade e fraternidade e Beyoncé, o caminho de Connor se cruza com o da Ordem dos Assassinos.

Quanto à personalidade de Connor, ele é mais quietão e na dele. Seus movimentos são descritos como semelhantes ao de um animal na selva, e todos foram criados exclusivamente para ele, sem reaproveitar nada de Altaïr ou Ezio.

 

 

DESMOND, ANIMUS E O PRESENTE

Não foi revelado qual é o interesse de Desmond, Rebecca e Shaun nesse período do tempo. O que sabemos é que, óbvio, Connor é um antepassado de Desmond e eles estão atrás de algo em Nova York, como o fim de Revelations revelou (“Revelations revelou” foi de propósito hihihi). Também há uma tensão sobre aquele papo de fim do mundo neste ano – eles não perderiam esse gancho, né??

Quanto ao The Truth, que até agora era todo guiado pelo Subject 16, bom, vai ter mais coisa pela frente. Mas vinda de outra fonte, claro.

O Animus também terá uma nova versão, mas 3.0, e não muda muita coisa nele além do visual. Uma coisa que eu achei engraçadinha é que, no database, tudo terá, como sempre, os comentários de Shaun, que é britânico. Então, aguardemos aquele humor ácido e mal humorado dele sobre os americanos, haha!

Só um pedido: Ubisoft, por favor, arrumem a cara do Desmond porque cover de Adam Sandler não dá, né? :(

 

AMBIENTE

Assassin’s Creed III se passa em Boston, Nova York e no caminho entre as duas cidades, numa região chamada de Fronteira. A primeira coisa que se nota nas imagens que foram divulgadas até agora é neve, muita neve, mas o jogo não será feito só disso: os desenvolvedores cuidaram de mais uma alteração no ambiente – em Revelations, já muda entre dia e noite… enquanto você escala uma torre: a mudança de estações. Então, teremos neve, mas também teremos campos verdejantes; rios e lagos congelados para andar em cima e rios e lagos cheios de água para nadar.

 

assassino que sobe em árvore, acredita??

adiós, veadinho :(

A maior novidade no ambiente é a interação de Connor com a natureza. Isso era algo que foi bastante criticado mas, segundo a reportagem, Connor vai tirar vantagem dos inimigos na mata fechada: ele consegue subir em árvores e balançar entre elas com mais agilidade, escalar montanhas, pular nos rios mais turbulentos, pois cresceu nesse ambiente. E, como estamos falando de floresta, espere encontrar – e caçar, para sua sobrevivência ou para ganhar uma grana com a pele (PETA ALERT) – animais como ursos, coelhos, lobos e veados.

Nas cidades, ele também irá fazer o parkour que é característica do jogo nas construções. Mas, desta vez, também irá entrar pelas janelas para chegar ao outro lado, assustando os moradores!

E, falando nos “figurantes” do jogo, também houve uma preocupação em fidelizar ainda mais isso, com crianças e cachorros andando nas ruas, por exemplo, e interagindo o tempo todo com o ambiente e entre si, não apenas vagando.

 

Uma olhada no visual das cidades

 

PARTICULARIDADES

Alguns detalhes que deram mais graça – ou não – à franquia serão abandonados. É o caso dos grupos de aliados, como as prostitutas/ciganas, ladrões e mercenários, que deixarão de existir. Mas, ainda assim, haverá uma boa interação entre Connor e os moradores das cidades, formando alianças de outras formas. Também não vai ter mais Tower Defense, já que isso não funcionou tão bem nos outros jogos (ainda bem que não era só eu que detestava isso, pelo visto).

Veremos mudanças também quanto ao dinheiro, que ele conseguirá de formas diferentes (por exemplo, vendendo pele de algum animal que matou na floresta); quanto à sincronização (notícia boa: vai ter checkpoint durante as missões, então não precisa começar tuuudo do começo, e não vai ser mais simplesmente 100% ou 50%); quanto ao fast travel; e quanto à notoriedade (terá uma nova versão, menos na cara).

 

MOVIMENTOS

Connor vai interagir melhor com o cenário. Por exemplo, não tem mais desequilíbrio o tempo todo enquanto estiver no free run: ele automaticamente desviará de obstáculos. Também irá pular em vagões em movimento e deslizar por baixo de obstáculos – será que finalmente vai agachar? Eu acho que isso faz falta na franquia…

Vamos falar do que interessa = BRIGA, SANGUE, HIDDEN BLADE NO QUEIXO!

Rolou um grande avanço nas batalhas. Agora, serão mais violentas e dinâmicas, sem as pausas entre os ataques: Connor se movimenta o tempo todo, com um movimento sendo perfeitamente ligado ao próximo.

Você terá mais controle sobre as ações do protagonista durante um combate - antes era bem “clica clica clica clica clica morreu próximo clica clica clica” e por aí vai, exceto quando você queria segurar ou derrubar um inimigo. Também não tem mais que fixar o alvo, o jogo faz isso sozinho, o que facilita na hora que a briga apertar pro seu lado e você precisar fugir. Enfim, a coisa será menos mecânica, mas os controles foram simplificados, segundo os desenvolvedores. E, falando em segurar inimigos, vai dar para usá-los como escudo humano!

Além disso, Connor sempre vai para a briga com duas armas, que não entendi se é a hidden blade e o machado tomahawk. Ah, sim: TEM HIDDEN BLADE, claro! Não falei pra vocês que tinha??

***

Pra quem quiser ler o artigo completo de onde tirei as informações e fotos deste post, tá aqui! E neste link tem mais um monte de fotos do jogo (a gente soltou ontem no Twitter. Segue lá!) e aqui tem do protagonista.

Na segunda-feira, a Ubisoft prometeu um mega anúncio sobre o jogo. Eu acho que deve ser o lançamento do site oficial, ou trailer/teaser, ou os dois… Enfim, acompanhe a contagem regressiva!

To com altas expectativas pro jogo depois dessa leitura, e vocês? :) E também quero ver logo o rosto do Connor! :P

UPDATE 1: encontrei ontem (24 de setembro de 2012, haha, late update) uma foto que dá pra ver o rosto do Connor! E ELE É LINDO!!!

UPDATE 2: o game está em pré-venda para XBox e PS3, além do Assassin’s Creed Liberation para PS Vita.

Quem escreve? Giovana


Giovana vê referências nerds onde não tem, crê que dor de cabeça é gene X se manifestando e acha que De Volta Para o Futuro > Star Wars. Pretende ser Embaixadora da Terra para Assuntos Externos e ainda quer casar com o Zachary Quinto apesar dele ser gay (afinal, é mandingueira e traz a pessoa amada de volta em 3 dias).

Categorias: Games, Manchetes, Novidades

comentário(s)

  1. gabriel disse:

    Altas expectativas, buuuuuuuuuuuuuuuut preferia jogar na Revolução Francesa. Sério, seria bem mais fugir pelos esgotos de Paris (referências, referências!) do que correr no meio do mato. Mas de qlqr jeito, é Assassin’s Creed, e terei minha alma sugada novamente

  2. Maria Julia disse:

    Teremos um Connor-Tarzan? LOL brinx vender peles p arrecadar dinheiro? Adeus defesa aos animais ahusauhsuahs

  3. Graci disse:

    Eu tbm estou assim nos ultimos dias…muita expectativa!

  4. Rafa_9000 disse:

    MEU DEUS!!!Esse jogo promete ser ÈPICO POR DEMAIS!!Se rodar no meu PC vou comprar no dia do lançamento COM CTZ!!!

  5. Patreck disse:

    Aêêêê!

    Só uma notícia como essa pra animar meu dia!

    Só achei meio clichê essa coisa dele ser mestiço. A velha história do perdido entre dois mundos, e coisa e tal… Em compensação, a possibilidade de interagir com George Washington e Benjamim Franklin é simplesmente fantástica.

    Interessante notar que a matéria fala de George Washington em termos como “uncertain” e “hesitant”. Isso provavelmente se refere ao comando do Exército Continental, mas já imaginou que louco se NÓS pudéssemos converte-lo à causa dos Assassinos?

    Anyway, rezo pra estar logo empregado novamente, porque esse é um daqueles jogos que eu quero comprar na pré-venda!

    • Giovana disse:

      O George Washington, pelo que eu percebo, será um cara super correto e centrado nos objetivos dele, entende? Daqueles que não dá pra corromper? Por isso que ele vai mudar de lado… mas, bom, sei lá. Como eu disse aí no texto, não vai ter essa coisa de britânicos do mal/templarios e americanos do bem/assassinos. até porque a ordem é da europa e e e i’m out of arguments.

  6. Jeferson Cardoso P. Lança disse:

    Já dava pra usar guarda de escudo humano no Brotherhood. Quanto a agachar acho válido. No mais espero que tenha a opção escalpelar.

  7. Omninerd disse:

    Não tenho nenhum video game modernético, mas quero jogar todos os Assassin’s Creeds já lançados quando conseguir (mesmo sabendo que o 1 é chato e sem legendas em inglês) só pra entender a história do bagulho todo.

  8. @Marcello_MN disse:

    Me senti aqueles caras com dietas insanas, q vivem de luz. Só q vivendo de AC3, tá ligado? rs…

  9. Yuri Araújo disse:

    lágrimas escorreram pelos meus olhos quando eu soube do lançamento desse jogo *-* minha vida foi prolongada *o*

  10. Guilherme disse:

    Só um detalhe (irrelevante, mas ainda sim um detalhe), na imagem da caça, o animal é um alce. (:

  11. xxx disse:

    pensei que ia ser a queda da bastilha na frança, mas deve ser legal também;D
    meu negócio é resident evil e silent hill, mas assassin creed é show

  12. Garotas Geeks disse:

    [...] com uma entrevistinha sobre o que teria de novo no jogo e tal (basicamente, tudo você viu primeiro aqui, rá!), que só serviu pra enrolar e pra gente ficar ansioso [...]

  13. João Pedro disse:

    Mto bom o jogo me surpreendeu vai ser mto bom,mas eu estou preocupado com uma coisa depois que eu vi a foto de três soldados com rifles eu acho que o jogo vai virar de tiro,coisa que eu não queria,eu queria que continuasse com espadas,flechas,estiletes e hidden blades

  14. Eduardo Ferreira disse:

    se cada Assassin’s Creed se passa de 400 em 400 anos, quer dizer que o Assassin’s Creed 4 vai ser no tempo atual, com o Desmond como foco principal do jogo?? subindo em prédios e casas de NY?? espero mt que sim!!

  15. […] mais engraçadão e tal. Mas, na verdade, não consigo escolher um preferido! E também já amo o Connor, que nem conheço ainda. […]

  16. […] com uma entrevistinha sobre o que teria de novo no jogo e tal (basicamente, tudo você viu primeiro aqui, rá!), que só serviu pra enrolar e pra gente ficar ansioso […]

  17. […] uma vez e meia, ou seja, os jogos são compridos, mas bem viciantes, e até o lançamento do Assassin’s Creed 3 dá pra aprender tudo sobre a franquia. : […]

Comente este post