Tem uma pergunta que vira e mexe alguém me manda no Twitter sobre Assassin’s Creed: por qual começo a jogar? e a minha resposta-padrão é pelo primeiro, claro. Mas essa é a minha opinião de fã maluca tatuada e, se eu olhar ~por fora~, dá, sim, pra começar a franquia pelos outros jogos. Claro que não é a mesma coisa, mas dá! Resolvi fazer esse post que é tipo uma reviewzinha de cada AC, porque não cabe tudo em 140 caracteres, pra explicar o que tem em cada um e tal.

Então, vamos lá: por qual Assassin’s Creed começo?

Óbvio que tem spoiler, então esteja avisado caso você não curta!

 

ASSASSIN’S CREED (1)

Do que se trata: É o primeiro jogo da franquia, de 2007. Você joga como o assassino Altaïr  Ibn La-Ahad durante a Quarta Cruzada, lá por 1190, e como Desmond Miles em 2012.

Como é a história: Desmond é sequestrado pela Abstergo, uma empresa misteriosa que precisa de algo que está na memória genética dele. Então, a maior parte do tempo você joga como Altaïr. No período da vida dele que vemos, ele é rebaixado na Ordem e, para provar que merece voltar à sua “colocação”, deve matar nove Templários nas cidades de Jerusalém, Acre e Damasco.

Por que começar por ele: Porque é onde a franquia começa. Então, se você quer entender TUDO o que acontece sem ter que apelar pro wikia, é aqui mesmo. Ok, fui exagerada: para entender tudo tudo tudo é teu, é só querer que acontece, tem que ter muita leitura paralela sobre os períodos históricos nos quais a franquia se passa e seus personagens e conseguir linkar informações com maestria (ou ter amigos que o façam, beeijos pedro vale-refeição). Mas tem alguns detalhes que você só pega se jogar porque, apesar de rolar uma “introdução ao passado” nos outros games, é bem rapidinha.

Por que não começar por ele: AC1 é o mais fraco de todos. A história é legal, mas é bem repetitivo, o que desestimula muita gente que começa e não termina o game! Além disso, às vezes é MUITO cansativo, tipo quando você tem que pegar um cavalinho e ir de cidade em cidade ZZZZZZ, daí do nada os soldados do reino vêm atrás de vocZZZZZZ… Quanto à jogabilidade, comparada aos outros da franquia, tem controles mais simples e menos funções, apesar de ser mais difícil em alguns momentos – como, por exemplo, nos assassinatos. Eu fiquei DOIS DIAS tentando matar o Robert de Sable, dei tanto murro na mesa que me fez um galo na mão e gritei tantas vezes ALTAIIIIIRRRR que meus vizinhos devem achar que ou é meu ex-marido, ou meu amante.  Outra coisa que irrita: a dublagem! É muito sem emoção, entediante mesmo. Por exemplo, Altaïr fala com o mesmo tom quando leva uma bronca do seu mentor, Al Mualim, e quando se desculpa para Malik.

 Avaliação geral: três estrelinhas e uma coxinha pro Altaïr não dar chilique.

Minha recomendação: enfrentar o tédio e a raivinha e seguir até o fim, que é bem foda comparado ao resto do jogo e vale o esforço!

Para PS3 - PC – Xbox

 

 ASSASSIN’S CREED II

Do que se trata: foi lançado em 2009 e continua a usar a memória genética de Desmond. Neste, ele não está mais na Abstergo (que, como vimos no fim do AC1, é uma empresa de fachada de controle Templário), mas numa sede provisória dos Assassinos em uma réplica melhorada do Animus. É outro antepassado que tem sua vida explorada, desta vez: Ezio Auditore, o italiano bonitão que todas ama!

Como é a história: Ezio é aquele adolescente rico de Florença que tem sua família traída e assassinada e sai pela Itália atrás de vingança. No caminho pelo sangue de quem matou seu pai e seus irmãos, ele acaba descobrindo que o buraco é bem mais embaixo e que a causa pela qual ele luta é muito maior. Falei um pouco mais sobre o Ezio aqui quando ele foi personagem da semana!

Por que começar por ele: porque ele é FODA. De longe, o melhor da franquia. Mais comprido, a história é mais intrincada, mais apaixonada, você passa por mais cidades, aprende mais sobre a Ordem, sobre o Ezio, tem mais personagens pra você amar/odiar… Ao longo do jogo tem umas, hum, sidequests? Será que eu posso chamar disso? haha enfim, tem mais coisa pra você fazer além da história principal e não são coisas entediantes. No fim, as peças se encaixam e rola o MAIOR MINDFUCK DO MUNDO, que vai mudar sua vida e tudo que você acredita. Ou não, mas espero que mude.

Por que não começar por ele: porque você é meio que jogado na história da franquia. Dá pra acompanhar a história toda do Ezio e aprender sobre a Ordem, a guerra contra os Templários e o que eles querem com o Desmond, mas, quando eles falam do Altaïr, é bem superficial. A coisa só fica mais profunda lá no Revelations!

 Avaliação geral: as estrelas lá do céu, o meteoro da paixão, aquela lua que brilha lá no céu… É, provavelmente, o jogo mais foda que já foi feito em toda a história da humanidade.

Minha recomendação: dá pra começar por aqui. Mas, apesar de rolar uma introduçãozinha em relação ao Altaïr, como eu disse antes, fica faltando coisa.

Para PS3 - PC - Xbox

 

 ASSASSIN’S CREED: BROTHERHOOD

Do que se trata: é a continuação do AC2, lançado um ano mais tarde. O começo é bem intenso, dá uma mega empolgada, mas depois… meeeeh… Na minha opinião, o mais fraco de todos.

Como é a história: Como Ezio não matou Rodrigo Borgia no final do AC2, os Borgia vão até Monteriggioni pra expandir seu controle sobre a Itália. Essa parte é bem foda, tem até tiro de canhão pra dar HAHA, daí o tio Mario morre, a Maçã é roubada, enfim, dá a maior merda, um puta ódio e uma sede de sangue dos Borgia que é compartilhada pelo Ezio e lá vai você pra Roma buscar o que é seu. E também jogamos mais com o Desmond, no fim rola um parkour irado mermão no Coliseu e um mega WTF que não é explicado até o DLC de Revelations.

Por que começar por ele: Porque é o único que seu primo te empresta? Porque tá em promoção na Steam? Porque Roma é bonita? HAHA não tem motivo. Tem umas novas funções, como o treinamento de recrutas (amo todos <3), equipamentos especiais do Leonardo, a função multiplayer e mais sidequests que no AC2. Mas o jogo é BEM curtinho e  muito fraco, a história é praticamente dispensável e podia ser só um DLC do AC2 que a gente ia aceitar numa boa e ficar feliz. Se for pra começar pelo Brotherhood, não o faça.

Por que não começar por ele: Porque, se não tiver paciência pra jogar toda a história do Altaïr em AC1, tudo bem. Mas, se começar pelo ACB, você não vai conhecer nem a história do Ezio, que é o personagem que você está jogando! A história não é tão intrincada com o resto da franquia, como sempre as introduções são bem breves e insuficientes pra captar todos os detalhes assim como quem jogou tudo desde o começo.

 Avaliação geral: Duas estrelinhas, só porque gosto de ficar passeando no Coliseu, e a autorização pra voltar no tempo e transformar o game em DLC do AC2. Já pode, viu?

Minha recomendação: Se quiser começar jogando ACB, comece, mas sob sua própria conta e risco.

Para PS3 - PCXbox

 

 ASSASSIN’S CREED: REVELATIONS

Do que se trata: É o último game em que jogaremos com Ezio (peraí, vou secar as lágrimas) e foi lançado no fim de 2011. É o único em que você joga com Ezio, Desmond e Altaïr, mas a história só é mais desenvolvida com o Altaïr – veja bem, não disse aprofundada.

Como é a história: Ezio, já mais velho e com a barba grisalha (me gusta muchísimo), vai até Masyaf  atrás da lendária biblioteca de Altaïr. A cidade está tomada pelos Templários e rola um quebra-pau, enfim – to  tentando ser breve – Ezio vai parar em Constantinopla atrás das chaves de Altaïr que estão lá escondidíssimas para abrir a tal biblioteca. Desmond está preso no Animus e tem algumas missões em primeira pessoa em que ele vai relembrando seu passado, ou seja, é o único game em que a gente conhece melhor de onde ele veio.

Por que começar por ele: É um jogo BEM legal. As missões são supervariadas, a jogabilidade é muito boa, as histórias paralelas são legais e damos uma boa olhada na vida pessoal de Ezio nessa fase de sua vida. É o jogo mais, digamos, auto-suficiente: ele começa e termina nele mesmo.

Por que não começar por ele: Justamente pelo último motivo que eu falei: ele começa e termina ali. Se você só quer se divertir, dá pra começar por ele numa boa e ser feliz. Mas, se quiser entender a franquia, não é exatamente o mais indicado começar pelo fim, né??

 Avaliação geral: Quatro estrelinhas pra não ficar se achando. O jogo é muito legal mesmo, quase chega a ser tão legal quanto o AC2 (eu disse quase) e, sem dúvida, tão viciante quanto.

Minha recomendação: Como é relativamente novo, sei de bastante gente que jogou um pouco dele, achou foda e resolveu continuar. Mas eu recomendo parar, voltar pro início e seguir a ordem! Afinal, se você já curtiu o último jogo, vai curtir muito mais se entender a coisa toda.

Para PS3 - PC - Xbox

 

Ou seja, minha recomendação final: sejam pacientes e joguem tudo direitinho, na ordem! Eu comecei a jogar tem uns 3 meses e já zerei o Revelations uma vez e meia, ou seja, os jogos são compridos, mas bem viciantes, e até o lançamento do Assassin’s Creed 3 dá pra aprender tudo sobre a franquia. : )

E você, começou a jogar por qual jogo? Concorda com o que eu disse aí em cima? Vamos conversar ; )

Quem escreve? Giovana


Giovana vê referências nerds onde não tem, crê que dor de cabeça é gene X se manifestando e acha que De Volta Para o Futuro > Star Wars. Pretende ser Embaixadora da Terra para Assuntos Externos e ainda quer casar com o Zachary Quinto apesar dele ser gay (afinal, é mandingueira e traz a pessoa amada de volta em 3 dias).

Categorias: Games, Manchetes, Reviews

comentário(s)

  1. Wakka/Shakira disse:

    Concordo com a sugestão aí.
    Comecei pelo AC2 que era o que tava em promoção e tal e apaixonei no jogo. Fiquei meio perdido na história e tive que recorrer a uma ajudinha =) Um primo meu começou pelo ACB e acha a franquia uma merda. Ou seja, acho bom começar pelo primeiro mesmo, mas se não rolar comece pelo 2 e nunca pelo Brotherhood, pois ele é decepcionante e vc só joga pq é Assassin’s Creed.

    • Giovana disse:

      “vc só joga porque é assassin’s creed” isso é tão verdade que até agora eu to jogando ele (mto sem vontade) pq não fiz todas as missões da cristina :P

      • Luiz Mazia disse:

        eu comecei pelo Brotherhood e achei um máximo =D, fiquei com vontade de jogar os 1 e o 2 agora, porém, vou reclamar do gráfico e da restrição que ele vai ter, ah sim, só protegendo o Brotherhood, o jogo fica legal depois da sequencia 6,que eu gostei muito, ficou bem agitada e muito envolvente, e só uma duvida, são quantas missões da cristina?

      • gustavo disse:

        jogue primeiro o 1. E ñ venha falar q o Brotherhood e ruim e só jogou pq e assasin’s creed ele é um dos melhores o cara ñ entende a historia e fica falando merda.

  2. Diego Viana disse:

    Eu já tinha jogado o ac1 e gostado,mas faz um bom tempo já,mas a cerca de duas semanas comecei o ac2 por influencia da Giovana é claro,e ja q estamos falando sobre ac, alguém ja conseguiu liberar tds aqueles arquivos q tem uns mindfuck? to empatado em um q não tem nenhuma dica aparente como nos outros,só uns desenhos meio sem noção.
    me ajuda ai Giovana,fiquei acordado ate agora só pra ler esse post ;)

  3. Rafael Machado disse:

    Não peguei nenhum jogo ainda, mas do que já falaram do 1….pretendo, caso pegue um dia, começar do dois direto, mas e a preguiça?

    Belo post!

    • Giovana disse:

      depois que você começa, nao para mais. o 2 é O_MELHOR_DE_TODOS. amém!

      • Rafael Machado disse:

        Lembrando aqui, acho que cheguei a jogar um deles, acredito que tenha sido o 2. Tem uma hora que você no começo do jogo tem que seguir alguém pelo telhado, e tem um tempo ou você não pode perder o personagem que você tá seguindo de vista.

        Sei que tentei umas 10x e sem sucesso, e fiquei frustrado porque eu caia ou não conseguia passar por coisa simples, porque não pulei no local exato ou porque não cliquei com o botão certo ou apertei mais de um botão necessário, e ai teve uma ação que me tirou do caminho….

        Sei que isso me frustrou de tal maneira que deu vontade de jogar o controle na tv, e nunca mais pegar nesse jogo. Fico muito p… com esse tipo de jogo que tem que pular certinho, apertar o botão exatamente, e se não fizer volta tudo pro começo. E há vários jogos assim, que complicam a jogabilidade.8^/

        • Giovana disse:

          tem uma parte no revelations que é assim que eu demorei UM SÉCULO pra passar, também… :///

          • Stevan disse:

            Eu ja dei final no ac1 ,3 bothebroder e revelentions creio q o piot foi o 1 pk o final aparece o simbolo dos assassinos e acaba o melhor nos graficos foi o 1 e revelentios

      • julianocordeiro disse:

        verdad eu fui ver como é o assassin’s creed 1 me envolvi e me viciei nem cei quantas vezes eu virei eles só o assassin’s 3 q eu vo compra pra ver como é ! ;)

  4. Patreck disse:

    “Então, se você quer entender TUDO o que acontece sem ter que apelar pro wikia, é aqui mesmo.”

    OBJECTION! O Wikia é SEMPRE fundamental, se você gosta de ter aquele lugar onde arquivar e cruzar todas as informações disponíveis e detalhes ínfimos que são esquecidos momentos depois de vistos. Eu, particularmente, acho muito útil.

    P.S.: Finalmente encontrei alguém que GOSTA do Revelations. Pensei que estava sozinho no mundo.

    • Giovana disse:

      mas foi o que eu disse logo depois… que, se você quiser saber TUDO TUDO TUDO MESMO tem que apelar pra fontes externas. eu sempre consulto.

      e já eu não conheço ninguém que NÃO goste do Revelations… :P

      • Patreck disse:

        Isso, isso, isso. Acho que o que eu mais gosto no Assassin’s Creed é que ele praticamente FORÇA você a querer mais sobre a história do mundo e das idéias (Vomitei arco-íris quando vi tanta gente começando a se interessar pela Renascença e pelos Borgia). Precisamos de mais jogos assim.

        E eu devo viver numa cidade-realidade-paralela então. Ou então, só tenho amigos estranhos mesmo.

  5. SnowNox disse:

    olha.. o bom é comecar sempre do comeco neh?!

    então.. já que eu respondi uma dúvida, agora correspondam respondendo uma minha.. como eu coloco minha foto nos meus posts.. não achei o botão de registro!

    uahhuahua..

  6. Karina disse:

    Hum…vou parar entao pq comecei a jogar o revelations e jogar o 2…porque o 1 vc comentando meio que me desanimou sobre o jogo ser meio repetitivo e paradão!

    Muito bom o post!

  7. Thiago disse:

    To querendo jogar o 3 mas um certo alguem quer q eu jogue a série inteira, o que eu faço?

  8. Dukah disse:

    Depois de ler essa Bio do Ezio, chegamos a conclusão que ele é o Batman.
    Praticamente a mesma origem! LOL

  9. Fernanda Oliveira disse:

    O post ficou demais! Depois de muito apanhar em AC1 (so meio noob xD) ja tinha até desanimado e decidido partir pro revelations de uma vez =P, mas depois de ler TUDO isso minhas energias foram revigoradas e vou começar tudo denovo pra entender bemmmm a história!!! Valew pelo post Gi :)

  10. Gabriel Lau disse:

    O meu primeiro contato com AC foi com o 1º da série. Fiquei fascinado no início, mas depois de alguns dias jogando-o percebi a sua jogabilidade fraca e repetitiva, e acabei desitindo.

    Mas criei coragem e comprei o ACR de tanto que você (Giovana) “fala” sobre esse jogo. Ele é, pra mim, um dos melhores jogos que tem (depois de Portal, é claro).

    Estava com receio de pegar algum jogo mais antigo da série, mas como você (que é a “experiente” no assunto) diz que o AC2 é “O MELHOR”, vou incluí-lo me minha lista tbm… ;)

  11. Sovereign disse:

    Entao comecei pelo errado… antes de ontem abri e instalei o ac brotherhood, tenho o ac2 mas nao lembro onde guardei, e nem lembro se comprei o revelations. To jogando com audio italiano e legenda em ingles. Mas os trofeus saem em pt so porque minha xmb ta em portugues. Nao sei se o ac b eh o mais chato ou dificil ate agora, mas uma menina da lista de amigos da psn so nao platinou esse jogo, o resto ta platinado faz tempo. Esses dias vi ela reclamando do jogo no comentario que voce deixa no avatar. Ela ta lvl 17 e tem 27 platinas, eu so platinei 1 jogo ate agora.
    Eu nao comprarei o ac1, jogarei apenas a partir do 2o. So sei que gostei do pouco que joguei ate agora.

  12. Diógenes disse:

    To jogando AC1 bem na lenta pq só posso jogar nos sábado e domingo,
    Não consigo nem virar o Sábado jogando que dá sono :P

    Principalmente quando o kara quer 100% e fica dando uma de vigilante salvando a população e subindo em tudo que Eagle View… nem falo de catar bandeirinha ZZzzz

    Depois de ter a habilidade de contra-ataque matar 15 soldados vira questão de esperar eles atacarem…

    To jogando ainda mas é mais pelo “Terminar AC1″ que pela vontade de ficar jogando que ele dá

  13. Yuri Barbosa disse:

    Um amigo meu curte muito, tentei jogar o primeiro, e achei uma porcaria(principalmente pela falta de legendas e tradução), eu sei que é legal e bem “cult” mais pelo menos o primeiro não me atraiu nem um pouco, depois de ler esse post vou tentar jogar o segundo e ver se ele realmente me empolga, Valeu pelas dicas Giovana.

  14. PG disse:

    Eu já tentei 3x zerar o 1 mas tá difícil esse jogo me da dor de cabeça , literalmente falando , assim como CoD , mas tanta gente fala bem que um dia eu consigo terminar o 1 , dai o resto deve ser mais facil deu jogar. xD

  15. Erick Faria disse:

    A única coisa que não gosto no primeiro é o número obsceno de bandeiras. Tentei pegá-las, mas teve hora que encheu o saco e desisti. Fora isso, não concordo com nenhuma das críticas feitas à ele. Foi o primeiro AC que joguei, e zerei duas vezes.

    Acho o Altäir um personagem muito mais interessante do que o Ezio, e curto bastante algumas coisas do primeiro, como a mecânica de investigação para só depois perpetrar o assassinato (e como faz diferença prestar atenção nas dicas para elaborar o modus operandi), a prova de sangue exigida…até mesmo a “escassez” de recursos para eliminar os alvos me parece ótima, já que raramente uso todos os apetrechos que o Ezio tem à disposição nos games. Altäir só tinha as facas de arremesso, e estava bom assim.

    • João Carneiro disse:

      Concordo com tudo.

      “[...]raramente uso todos os apetrechos que o Ezio tem à disposição nos games. Altäir só tinha as facas de arremesso, e estava bom assim.”
      [2]

  16. Basquens disse:

    Bem legal o resumão, comecei a jogar pelo AC2 e surtei, melhor jogo ever, o brotherhood é bem legalzinho. Uma coisa que eu não deixaria de falar é que o Revelations é o mais Agressive de todos, eles não tem medo de botar o Ezio para enfiar espada no meio na cara dos adversários. E uma coisa a parte foi o Trailer de lançamento do ACR que nossa, arrepia os pelos do meu braço até hoje quando eu assisto, a imagem e a música, os movimentos de Ezio, muito foda.

  17. Rodrigo disse:

    Faz tempo q quero começar a jogar AC, mas não sabia se devia começar pelo AC1. Agora que li essa pequena review sei q não devo começar pelo primeiro, pois odeio jogos repetitivos e parados (não tenho mais saco pra isso como antigamente) e depois de saber, que tem uma parte, q vc fica andando de cavalinho pra lá e pra ca, tive certeza definitivamente não devo começar pelo AC1. Peguei trauma de, andar de, cavalo em jogos, depois de jogar Red dead redemption. No começo é legal vc da uns galetinho com o cavalo da uns pulinho e tal, mas depois enche o saco.

  18. João Carneiro disse:

    Gostei muito das sugestões, mas minha opinião começar a jogar pelo AC 2. Depois jogar o 3 e o 4. Por último jogar o 1.

    Por quê?

    Porque em AC 2 você é Ezio adolescente e vai crescendo, aprendendo.
    Da mesma forma que Ezio não sabe nada sobre Altair e nem sobre a Ordem e vai aprendendo tudo o que sabe com o tio Mário, você vai aprendendo junto com ele.

    Quando ele aprende uma coisa nova, ela é nova pra você também.
    A medida que o próprio Ezio vai ganhando o respeito pela Ordem e por Altair, você também aprende esse respeito.

    Recomendo muitíssimo ler o livro (que foi lançado há pouco tempo) enquanto joga.
    Algumas cenas rápidas do jogo são mais explicadas no livro, além de você ter uma noção temporal mais precisa.

    Depois joga o 3 e o 4, que nada mais é do que a continuação da história.

    Quando você termina de jogar o 2, 3 e 4 e parte para jogar o 1, a impressão é: CAAAARAAAALHOOOO, estou jogando com Altair!!!
    Altair é o personagem historicamente mais fuderoso do game.
    Tudo o que a Ordem é deve-se a existência dele.
    Tudo. O Codex, as armas, a doutrina, etc.
    Apesar do jogo ser menos bom que os outros, você joga com tanta empolgação e tanto respeito que é super estimulante.
    Altair => Respect!

  19. alana disse:

    eu comecei pelo Revelations,e me apaixonei

  20. Anderson Pinheiro disse:

    Oi Giovana tudo bem contigo? espero que sim, achei massa essas matérias que você posta aqui, cara muito massa você explica direitinho o que os gamers querem saber e me ajudou bastante, quanquer dúvida eu te pergunto ok rsrsrsr, beijão.

  21. Garotas Geeks disse:

    [...] o destino sabe o que faz e me deu esse presentinho na mesma semana que eu postei isso aqui! Quer dizer, é o destino te falando pra jogar Assassin’s Creed. E eu vou ajudar fazendo uma [...]

  22. [...] Qual Assassin’s Creed é melhor para começar a jogar? A gente ajuda! o/ [...]

  23. Guilherme disse:

    Joguei o AC1 quando lançou. Cheguei até a metade e parei. Quando lançou o 2 zerei na mesma semana. Mas parei por ai. Não senti vontade de jogar o Brotherhood e o Revelations. Estou tomando coragem para zerar esses 2 ultimos, porque estou muito animado com o 3 que está por vir. Falam tão bem do Revelations que nem tenho vontade de jogar o Brotherhood.

  24. Ricardo Gerlin disse:

    Comecei pelo 1º mas achei ele tinha uma jogabilidade muito “travada” e parei logo apos a 1ª missão, depois vi meu primo jogando o 2º e fiz uma tentativa e me apaxonei pela serie pois o jogo fluia melhor. Depois disso fica contando os dias pelo proximo jogo(venha logo AC III), ainda hj não consigo jogar o 1º sera q um dia terei coragem pra recomeçar esse jogo???

    • sergio disse:

      Eu parei na 5 ou 6 misão mas vendo pelo outro lado não
      precisa quebrar a mesa (principalmente se for de vidro)ou jogar a cadera pro auto é só ter um pouco de paciencia e tentar ;)

  25. Eduardo Ferreira disse:

    vishh… comecei do 1º mas nunca virei… depois eu só fui seguindo o fluxo com o 2, o BH e o revelations… o 2 é de longe o melhor… o BH é meio parado mas eu to virando ele de novo e o revelations tem umas missões mt boas e o #carnaconstantinopla o ano todo mas o tower defence fico uma bosta imeeeeeensa… a história do jogo é mt boa, vale a pena pega uma semana parado só pra vira eles =D

  26. Danley_10troya disse:

    Apedrejai-me, Giovana, mas eu gosto mais do Brotherhood do que do Revelations Ò_Ò! Mas acho que só porque deformaram a cara de todo mundo e tal, e sinto um pouco de falta das roupas brancas e das armaduras que não deixavam o Ezio que nem um transformer… E também pelas missões do Altaïr terem sido tão curtinhas, e só serem subindo e descendo a mesma colina, praticamente. Aliás, acho que tenho mais raiva do jogo por causa de toda aquela expectativa que eu criei antes de ser lançado, que ia ser simplesmente DO CACETE e revolucionário, mas não foi bem assim. Gostei da hookblade (que blasfemearam, digo, traduziram na legenda em PTBR “pra bico-de-águia”, se eu não me engano) e das bombas, mesmo tecnicamente sendo só 3. “Tecnicamente” porque comprei a Signature Edition pra PS3 e fui baixando tudo quanto é DLC, e hoje posso guardar 5 bombas de cada… Não parece muito, mas até pra um “veterano” como eu, foi uma grande ajuda em algumas partes chatinhas. Aliás, o Revelations era o único jogo que eu não tinha vontade de zerar uma terceira vez, até que saiu o DLC com a roupa do Altaïr… Que foi a melhor coisa do jogo todo, na minha opinião. Nem o Ezio, deformado como ficou, consegue ficar feio naquela roupa XD.

    Santo falatório, Batman.

  27. Thomas xD disse:

    concerteza o 2 e o melhor para comecar… A serie AC e uma das melhores series de jogos q tem (chegando muito muito perto de Zelda pq Zelda anda fraco esses tempos) haha a maior raiva q eu tenho e quando alguem comeca pelo primeiro AC mas para no meio e fica no “nao sei e muito repetitivo, o dois e melhor?”

  28. Carlos Eduardo disse:

    ótimo post garota…qdo comecei a jogar o primeira da saga…fiquei desinteressado. parei um tempo e comecei a ler sobre a franquia…e de repente o interesse voltou…e com outra visualização sobre o jogo, tudo melhorou…vamos aguardar o III…que promete muito c Connor !!!

  29. ângela disse:

    Liindo demaaais ezio !! <3

  30. Daniel Gil disse:

    Sou viciado nessa franquia sem duvida uma obra de arte dessa geração de consoles ,de passagem pela internet encontrei essa pagina por acaso e acabei me interessando pelos textos da Giovana muito legais me lembrou muito uma amiga minha que é apaixonada tbm por assassins creed especialmente pelo Ezio rs .So discordo quando da Giovana diz que o Brotherhood é o pior jogo da serie pra mim é o melhor junto com o II só perde pro segundo em termos de enrredo e narrativa mais no quesito gameplay e diverão o Brotherhood é o melhor ate agora, mas pra quem quer começar tbm recomendo o primeiro

  31. Bem legal o post, me deu ainda mais vontadede jogar, mas nao da(e duro ser pobre:(lagrimas) e vou continuar procurando imformaçao mesmo. Se eu começasse a jogar, começaria pelo 2, nao dou muita importancia pelo qual começo, o mais importante e jogar Assassins Creed( logico)

  32. Rafael Nicodemos disse:

    Eu comecei pelo AC1 mesmo. A jogabilidade é meio repetitiva e limitada em comparação aos outros, mas o final é muito épico.

  33. Déhko disse:

    Comecei o 2 ontem, mas joguei só uns 30 minutos..

    To TO-TAL-MEN-TE perdido o.o
    Os controles e tals, me confundem demais.
    tenho que pegar o habito mesmo, mas parece ser SUPER fóda!!!

    Obs. Vergonhosa: Escutei o Frederico (?), irmão do Ezio, me chamou de “tartaruga” umas 30 vezes, demorei demais pra pegar o jeito de subir nas paredes :~ e acho que ainda não aprendi =(
    Preciso de um tutorial com os botões e funções para PC =S #comolidar?

    Sobre o blog. Vcs estão de parabens x) achei meio que aleatoriamente no google, e valeu a pena. Parabens.

  34. Pedro disse:

    Eu estava a ler os comentários do jogo, estava a concordar com a maior parte das cenas que ele diz…
    Mas quando ele disse que o AC BrotherHood é o pior da série (basicamente está a dizer que é uma merda), eu pensei “estragas-te tudo”.
    Desculpa dizer-te mas essa opnião é mesmo idiota…
    Admito que o jogo no ínicio é complicado de jogar, mas depois ao passar a história começa-se a adorar o jogo e o Ézio (para quem não jogou e para quem já jogou)…

    • julianocordeiro disse:

      o negocio é fods o cara ama o gogo e o ezio mas eu vi no youtube o assassin’s creed 3 parece q dermond morre e eu nem penso cê vai ter outro assasin’s creed !

  35. Clara disse:

    SÉRIO, MUITO OBRIGADA!
    To seca atrás de um jogo novo pra jogar e sempre achei que ia gostar dessa franquia. No entanto, não sabia por onde começar e esse post caiu como uma luva!
    PARABÉNSSS

  36. eli4s disse:

    so li agora ve se escreve do 3 agora q foi lançado

  37. Thiago disse:

    Simplesmente achei esse jogo sensacional, o personagem, a história , os locais da trama. #TheBest
    Todos é dahora, vale a pena jogar desde o primeiro!

  38. matheus disse:

    quero jogar esse jogo porque e muito legal

  39. Dean disse:

    Ah, concordo em gênero, número e grau! Eu só conhecia a franquia por meio de amigos e por conta da sua grande popularidade em meio à crítica. Após ler um pouco sobre o jogo eu já fiquei logo seduzido. Reviver fatos históricos e recriar práticas de séculos passados me fascina. Sou louco por história e esse jogo é um oceano de cultura antiga! Eu comecei pelo 1, matei 7 templários e resolvi jogar o 2 só pra ter um gostinho, pra ver se me motivava a terminar o 1 – porque estava um tédioZZZ – e acabei me apaixonando pelo jogo. Eu tento jogar o 1 mas não dá mais! kkkkkkkk O AC2 me prende, vicia e mantém vivo no jogo. Acho que vale a pena zerar o um por motivos de conhecer a história melhor. Porém acho que não está fazendo muita falta o que aprendi no 1.. sei lá, talvez faça pra frente. Mas enfim, adorei seu blog, seus comentários e tudo mais! *o* Você é linda e tenho dito! kkk :3

  40. Tito disse:

    Olá, estou travado em 78% no assassins creed brotherhood.
    Falta fazer algumas missões da Guilda de ladrões e das Cortesãs, será que é só por isso que estou travado?

    No aguardo de uma resposta,
    abs

  41. Nicole disse:

    Agora que vão lançar o playstation 4, está na hora de eu comprar meu play 3. E está na hora de eu aproveitar as centenas de excelentes títulos que essa plataforma tem. AC sem dúvida será um desses jogos de que eu vou desfrutar. Animei de começar pelo 2, se eu curtir, jogo os demais. Oh, época boa de começar com o play 3, a negada toda doida pra vender seus jogos velhos depois de comprar o xonadinho ou o ps4k. hahahha Jogos baratos, aqui vou eu!

  42. sergio disse:

    eu começei pelo ACB e achei legal bom pra começar é melhor o primeiro mas no meu cazo o ultimo foi o primeiro hehe

  43. Leandro disse:

    Oi Giovana,tive a oportunidade de conhecer a verdadeira cidade de Monteriggioni na região da Toscana,eu jogo o jogo e pude ver que a cidade do jogo e a cidade real,são completamente diferentes,isso é um pouco estranho,visto que o pessoal da produção procura ao máximo retratar as cidades da forma como são na vida real,vc sabe o motivo pelo qual o pessoal da Ubisoft resolveu aumentar e modificar a cidade?

Comente este post