Sabe qual foi o primeiro SMS enviado em toda a história da humanidade? “Feliz Natal”. “Merry Christmas”, na verdade.

Foi em 1992, de Neil Papworth (um desenvolvedor na empresa Sema Group Telecoms) para Richard Jarvis, da Vodafone. Papworth fazia parte da equipe que estava desenvolvendo o serviço, na época chamado de SMSC – Short Message Service Centre ou Centro de Serviços de Mensagens Curtas – , para a empresa de Jarvis.

Como na época os celulares não tinham teclados, ela foi escrita em um computador (isso me lembra de quando as operadoras liberaram o SMS gratuito via internet!). Era para ser apenas um serviço qualquer, mas, 20 anos depois, dá para dizer que ele é uma das funções mais revolucionárias e úteis que surgiram no fim do século XX, já que está nas nossas vidas desde… parece que desde sempre, não?

Então, listamos 5 motivos pelos quais a comunicação não é mais a mesma depois do ~advento~ do SMS:

Abreviações

vc acha q a gnt escreve assim pq? O SMS pode ter até 160 caracteres chupa Twitter!. E, antes de existirem os pacotões das operadoras de dezenas de SMS grátis por mês, cada um deles levava nosso rico dinheirinho! Quantas recargas de 25 reais você torrou em menos de uma semana mandando recado pros lindo? hihihi.

Digitação rápida

Quando os celulares não tinham teclado QWERTY, todo mundo desenvolveu uma habilidade sobre-humana de digitação com uma mão só. Tanto que há competições para premiar GORDAMENTE quem fizer mais rápido. Gordamente = 180 mil reais. Tá bom pra você?

Fim das ligações

Pode ser a comodidade de poder falar com alguém sem ter que parar tudo que está fazendo, o fato de ser mais barato ou a possibilidade de deixar só um recado quando não se quer um diálogo para avisar de alguma coisa. Mas o SMS foi um dos pioneiros a começar a diminuir a função principal de um celular – ou telefone móvel – que é a de fazer ligações.

Sexting

Depois do SMS normal, veio também o MMS – Multimedia Messaging Service – , que, como o nome diz, passou a permitir o envio de arquivos multimídia, ou seja, gravações de voz e fotos. Era bem difícil de enviar, já que demorava bastante e  o tamanho era limitado. Mas foi nessa época que surgiu a prática chamada de sexting, que é mandar fotos sensuais pro celular de alguém. Pra depois cair na internet e virar trending topic no Twitter, rs.

Evolução do SMS

Ninguém discorda que, hoje, o Whatsapp é muito mais utilizado que o SMS, né? Mas, parando pra pensar, ele é só uma evolução do SMS/MMS, uma adaptação para os smartphones. Até o lance do login ser o seu número de celular remete a isso. Ou seja, é como se, no fundo, a gente nunca tivesse abandonado o SMS.

Se bem que ele não está exatamente abandonado… Bastante gente ainda usa, já que, apesar de quase todo mundo ter um smartphone hoje, é QUASE todo mundo. E quase todo mundo tem conexão de dados, mas QUASE todo mundo.

Então, parabéns SMS pelos seus 20 aninhos e obrigada por tudo! <3

BÔNUS: o criador do SMS, Matti Makkonen, deu uma entrevista sobre o serviço para a BBC… via SMS! hahaha Clica na imagem para ler na íntegra.

Quem escreve? Giovana


Giovana vê referências nerds onde não tem, crê que dor de cabeça é gene X se manifestando e acha que De Volta Para o Futuro > Star Wars. Pretende ser Embaixadora da Terra para Assuntos Externos e ainda quer casar com o Zachary Quinto apesar dele ser gay (afinal, é mandingueira e traz a pessoa amada de volta em 3 dias).

Categorias: Manchetes, Tecnologia

Comente este post